Como é feito o FARNEL DO PET

Home / As refeições e petiscos do FARNEL DO PET / Como é feito o FARNEL DO PET

A alimentação natural cozida para cães FARNEL DO PET é uma dieta balanceada, cozida e sem ossos que atende plenamente os requerimentos nutricionais do seu cão.

A Alimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET é balanceada por médico veterinário

A Alimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET é balanceada por médico veterinário

Nossos pratos são balanceados por um médico veterinário e contam com ótimos níveis de proteína animal de excelente qualidade e sem ossos, gorduras saudáveis na medida certa, carboidratos de baixo índice glicêmico e são enriquecidos com legumes verduras, minerais e ervas aromáticas. 

 

Nossas refeições são preparadas com ingredientes frescos e selecionados. Não utilizamos subprodutos como carne mecanicamente separada, farinha de penas ou de ossos, farelos de milho ou de soja.

 

Por ser uma dieta balanceada completa, a Alimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET é indicada, para cachorros de qualquer idade (desde que já tenham sido desmamados) e de qualquer raça. Como não contém ossos pode ser dada a nenéns de apenas 50 dias, recém-desmamados, e a senhorzinhos desdentados.

 

Qualquer peludo comprovadamente saudável pode comer as refeições de Alimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET.

Já os pets portadores de quadros crônicos podem requerer uma alimentação natural especial, com restrições e adições que auxiliam no controle da doença. Se for este o caso do seu cão, busque um médico veterinário nutrólogo para que ele prescreve uma dieta específica e nós teremos prazer em prepará-la especialmente para ele.

A Alimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET é perfeita para animais de paladar exigente, pois é muito saboroso e cheiroso!

Como a alimentação natural cozida para cães FARNEL DO PET é preparada

Fazemos nossas compras somente em fornecedores confiáveis, utilizamos carnes e legumes com a mesma qualidade daqueles que usamos para fazer a nossa comida.

Assim que chegam à nossa cozinha os vegetais são higienizados, picados em tamanhos uniformes e cozidos à vapor, de forma a ter um cozimento uniforme e preservar ao máximo seus nutrientes.

Vegetais, carnes, fontes de carboidratos e vísceras são cozidos separadamente e depois pesados para garantir a correta formulação de cada refeição.

Após a mistura de todos os ingredientes as refeições são pesadas, embaladas, seladas à vácuo e congeladas.

A embalagem à vácuo além de conservar melhor a alimentação natural cozida para cães, também faz com que ocupe menor espaço de armazenamento no seu freezer.

Freezer residencial tamanho padrão com 40 dias de Aimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET para 2 cães

Freezer residencial tamanho padrão com 40 dias de Aimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET para 2 cães

Os ingredientes da alimentação natural cozida para cães FARNEL DO PET

Os ingredientes da Alimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET foram escolhidos para garantir o melhor em termos nutricionais e funcionais.

A Alimentação Natural Cozida para Cães FARNEL DO PET não contém conservantes ou palatabilizantes, sendo 100% natural.

contém amor - alimentação natural cozida para cães FARNEL DO PET

  • Carnes desossadas

Carnes fornecem predominantemente proteína, mas também vitaminas, ácidos graxos e minerais. Ovos e peixes entram nessa categoria, contribuindo com uma infinidade de outros elementos valiosos.

Algumas vísceras são oferecidas como se fossem carnes. São elas: moela, língua, coração e bucho. Essas peças são musculosas, se assemelhando mais a carnes que a miúdos como o fígado ou rim.

O coração bovino é uma carne que não pode faltar na dieta, ele fornece proteína,coracao ferro, vitaminas e elementos valiosíssimos para a saúde dos olhos e do próprio coração do cão, como a coenzima Q10 e os aminoácidos L-taurina e L-carnitina. Para entrar em nossos pratos toda a gordura do coração é retirada.

Peixes são fontes de Ômegas-3 DHA e EPA são ácidos graxos (gorduras) super do bem, peixeque modulam quadros inflamatórios, combatem alergias, protegem a pele, a saúde do cérebro e do coração, dentre vários outros benefícios.

ovo

Ovos são repletos de vitaminas, dentre elas a colina, fundamental para o bom funcionamento do cérebro, coração e membranas celulares. Também é excelente para os olhos: contém luteína e zeaxantina, antioxidantes que previnem a degeneração macular. Ovo é fonte do mineral selênio (que protege o fígado, ativa a tiroide e fortalece a imunidade) e fornece vitaminas do complexo B. Contém ainda enxofre, que favorece unhas e pelos mais bonitos e fortes – e de crescimento mais rápido!

  • Vísceras

fígadoSão uma indispensável reserva de vitaminas e minerais para carnívoros como o seu cão. A presença diária de um pouco de vísceras na dieta previne e corrige deficiências nutricionais. Em nossa dieta utilizamos o fígado bovino como víscera.

Por que o fígado? Fígado é a fonte mais concentrada que existe de vitamina A, mas também fornece vitaminas C, D, E, K, os minerais selênio, manganês, zinco e ferro, além de conter todas as vitaminas do complexo B, em especial B2, B3, B5, biotina, ácido fólico, B12, colina e inositol.

  • Vegetais e verduras

O consumo de matéria vegetal fornece fibras solúveis e insolúveis que auxiliam no trânsito intestinal, prevenindo constipação. Além disso, legumes, hortaliças, frutas e verduras contribuem com vitaminas, minerais e fitonutrientes.

Em nossos pratos utilizamos:

– cenoura: grande fonte de vitamina A e betacaroteno. contém muitos sais minerais, como Fósforo, Cloro, Potássio, Cálcio e Sódio, necessários ao bom equilíbrio do organismo, e vitaminas do Complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e a função do aparelho digestivo.

verduras

– abobrinha: é rica em vitamina A, vitamina C, que age como antioxidante previnindo o envelhecimento precoce e em vitaminas do complexo B, como a B1, que ajuda na regeneração do sistema nervoso e a B3, que contribui para a melhora da circulação e controla os níveis de colesterol. Também é fonte de sais minerais, como o fósforo, o cálcio e o potássio, substâncias que fortalecem dentes, ossos e articulações.

– chuchu: rico em nutrientes, possui vitaminas, como por exemplo a vitamina A, vitamina C e vitaminas do complexo B. Além disso, esse alimento possui diversos minerais importantes para a boa saúde, como cálcio, ferro, potássio, fósforo e magnésio.

– brócolis: são ricos em minerais como o cálcio, potássio, ferro, zinco e sódio, além das vitaminas como A, C, B1, B2, B6, K e fibras alimentares. Com poucas calorias, o alimento também é conhecido por suas propriedades anticancerígenas. O brócolis ajuda a evitar doenças do coração, úlceras e gastrites.

– banana: rica em potássio e fibras, além de ser uma ótima fonte de energia. A banana apresenta uma boa quantidade de fruto oligossacarídeos, conhecidos como FOS, fibras prebióticas que auxiliam a função intestinal e o sistema imunológico.

– vagem: possui quantidades significativas das vitaminas C, A e do complexo B, os minerais cálcio e fósforo que ajudam na formação de dentes e ossos, e o ferro que ajuda na formação do sangue.

  • Carboidratos

Fornecem energia (amido), fibras, minerais, vitaminas e fitoquímicos. Os carboidratos presentes na nossa dieta não são como os empregados pela maioria das rações secas – subprodutos baratos e inflamatórios de milho transgênico, soja e trigo, em nossos pratos entram tubérculos e/ou grãos, cereais e leguminosas variados e nobres:

arroz integral

– arroz integral: rico em ácido fólico, potássio e vitaminas do complexo B

mandioquinha

– mandioquinha: também conhecida como batata-baroa ou batata-salsa, concentra vitaminas B e C e é fácil de digerir.

– batata doce: reforça a imunidade e é fonte de vitamina Abatata doce

inhame

– inhame: é um ótimo depurador do sangue, mandando embora toxinas.

– lentilha: é fonte de ácido fólico e de minerais como o magnésio, o fósforo, o manganês, o potássio e de vitaminas, como as do complexo B, o que contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico.lentilha

 

  • Ervas e especiarias

ervasTemperinhos como alecrim e salsinha fazem muito mais que apenas saborizar e perfumar as refeições. Eles contribuem com antioxidantes importantes e com fitonutrientes capazes de desintoxicar o fígado, estimular a imunidade, afinar a bile, abrir o apetite, proteger contra fungos e estabilizar as taxas de açúcar no sangue.

– manjericão: fonte de vitamina C, vitamia A, luteína, betacaroteno, criptoxantina, vitamina K. Sendo poderoso contra o envelhecimento, doenças de pele, contrução de massa óssea, proteção ao pulmão. Tem efeito antioxidante, antiviral e propriedades antimicrobianas.

– salsinha: é uma fonte de flavonóides, antioxidantes e vitaminas. Ela também contém licopeno e os carotenos. Muitas vezes quando dados ao cão age como um ambientador ou para acalmar o estômago, respiração, a salsa tem uma longa história de uso com cães.

– alecrim: é uma erva rica em ferro, cálcio e vitamina B6. Alecrim também tem efeito antioxidante.

– tomilho: Os fitoquímicos presentes no tomilho ajudam a relaxar o trato digestivo e brônquios. O óleo de tomilho já demonstrou forte atividade antibacteriana e antioxidante

– gengibre: é fonte de vitamina B6, cobre, magnésio e potássio. Por ser antioxidante, aumenta a imunidade, previne o câncer e ainda embeleza a pele e o cabelo

– açafrão da terra: é um antiinflamatório poderoso

  • Complementos

sal rosa– Sal rosa do Himalaia: O sódio é fundamental para o equilíbrio da pressão arterial, dos sais minerais no organismo e para a saúde dos rins.

O sal rosa do Himalaia é um sal não refinado, fonte natural de mais de 70 oligoelementos, que estimulam os mecanismos de hidratação, além de ativar a diferenciação celular e favorecer a produção de fatores naturais de hidratação da pele.

azeite– Azeite de oliva extra virgem: promove a longevidade, e contribui com ômegas 9, vitaminas E e K, polifenóis (que combatem os temidos radicais livres), além de ser intensamente anti-inflamatório e prevenir constipação.

 

 

 

 

 

Menu para Celular
%d blogueiros gostam disto: